• Home
  • Ambiente de desenvolvimento Java no Windows

Ambiente de desenvolvimento Java no Windows

Ambiente de desenvolvimento Java no Windows
  • Marcelo Oliveira
  • 7 de fevereiro de 2022

Neste tutorial iremos descrever um passo a passo de como montar um ambiente de desenvolvimento Java no sistema operacional Windows a partir do zero. Isto incluirá a instalação e configuração do JDK(Java Development Kit) da Oracle e da IDE IntelliJ Community.

  1. Acessar ao site da Oracle

Vamos iniciar baixando o JDK no site da Oracle. Clique no link a seguir para acessar: baixar JDK. Para este exemplo, estamos usando o Java 11, mas fique a vontade para baixar uma outra versão, preferencialmente mais atual.

  1. Baixar JDK (extensão .exe)

Ao acessar o link acima, você deverá selecionar a versão com a extensão .exe.

  1. Instalação

Logo após, clique duas vezes no arquivo baixado para iniciar a instalação. Basta ir clicando em “next” até a conclusão.

  1. Configure a variável JAVA_HOME

O próximo passo é acessar o menu “Iniciar”, pesquisar por “Command Prompt” e clicar em “Run as Administrator”.

No terminal que foi aberto, execute o seguinte comando:

setx -m JAVA_HOME "C:\Program Files\Java\jdk-11.0.14"

Observe que no comando acima, o conteúdo entre aspas duplas é o caminho da instalação do JDK. Você deve ajustá-lo de acordo com sua versão.

As configurações acima são suficientes para disponibilizar o Java JDK para todo o ambiente Windows. Podemos seguir para configuração do IntelliJ Community.

  1. Baixar o IntelliJ

Acesse o link a seguir para baixar a IDE IntelliJ: Baixar. Não esquece de selecionar a opção Community, extensão .exe.

Essa versão já vem com os plugins do Maven, Gradle e Git instalados, o que é bastante interessante porque facilita nosso trabalho.

  1. Instalação do IntelliJ Community

A instalação é muito simples, bastando apenas dois cliques no arquivo .exe para iniciá-la e depois seguir a instalação padrão recomendada.

Quando a IDE é aberta pela primeira vez, geralmente é feita atualização dos plugins padrões.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *